Por que todo líder precisa entender o “Círculo de Segurança”

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Simon Sinek, pra mim a maior referência quando o assunto é liderança, fala muito sobre o “Círculo de Segurança”.

Ele defende que a força e a resistência de uma companhia não vêm de seus produtos ou serviços, mas da maneira como seu pessoal se relaciona.

Por isso, é dever do líder pensar: “Pensando 1 a 1, todos os meus liderados se encontram no Círculo de Segurança? Ou algum se encontra fora, em perigo? Por que?”

Se maioria está fora, o que domina o ambiente é o “mimimi”, as fofocas, os achismos, e a paranóia. E esse é o primeiro passo para uma demissão (partindo do líder ou liderado).

Se maioria está dentro, o que domina é a sensação de pertencimento, colaboração, confiança e inovação.

Por onde começar? Na minha opinião, uma rodada de 1-1’s estruturados com cada um de seu time é um ótimo começo.

Um bom líder aproxima nas horas boas, aproxima nas horas ruins, aproxima nas indecisões. Um líder ruim afasta.

Confira também o post “101 perguntas para fazer em 1-1’s (one on ones)”.

Até!